Novidades em Janeiro

O mês de Janeiro continua a propor, embora a um ritmo mais baixo, um interessante calendário de eventos.

 

Entre outros, listados nas páginas seguintes, assinalamos dois: "o Cruzado no Egipto" de Meyerbeer, obra dirigida por Emmanuel Villaume (primeira representação em tempos modernos) estreia da nova temporada lírica do Teatro La Fenice (desde 14 de Janeiro) e "Picasso La joie de vivre 1945-1948", a exposição mais importante do momento patente no Palácio Grassi e centrada num dos períodos mais férteis do mestre espanhol, o do segundo pós-guerra, também conhecido como o período de Antibes.

 

Concluímos lembrando uma importante iniciativa que, desde o mês de Dezembro, permitiu que a cidade oferecesse um ulterior serviço ao visitante. Graças ao empenho da Associazione Veneziana Albergatori (AVA) a cidade de Veneza, a primeira em Itália, dotou-se, em 42 hotéis, de uma rede de equipamentos e de pessoas treinadas para os usar (geralmente porteiros de hotéis) que, em caso de urgência, poderão salvar vidas humanas. Trata-se de desfibrilhadores semi-automáticos que permitirão, em caso de enfarte, interromper a arritmia e, assim, restabelecer as funções vitais da pessoa vítima do ataque. Veneza, por isso, cidade do coração, hoje, mais do que nunca.

 

O Hotel Saturnia, o outro hotel dos mesmos proprietários, é um dos hotéis de Veneza dotados dos referidos equipamentos.